VOCÊ SABE O QUE É APADRINHAMENTO AFETIVO?

0
1305
Fonte: Senado Federal

É uma iniciativa feita por parcerias entre as associações, as varas da infância e juventude, o Ministério Público e as instituições de proteção à criança e adolescente, como por exemplo, o INDICA- Instituto dos Direitos da Criança e do Adolescente. Não possui regulamentação federal e não é uma adoção. O apadrinhamento afetivo é um compromisso assumido com o intuito de uma terceira pessoa acompanhar, orientar, assistir e apoiar à educação, o desenvolvimento e os projetos de vida das crianças e adolescentes que pertencem as instituições apoiadoras do apadrinhamento como intermediação.

O sentimento de abandono e de baixa autoestima presente nas crianças e adolescentes que vivem em abrigos, mesmo com todo o cuidado das instituições de criar um modelo estabelecido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, ainda é presente. Desse modo, o apadrinhamento surgiu com o intuito de quebrar esses sentimentos e criar um relacionamento estável, gerando referências familiares e sociais para o interno. É uma oportunidade de oferecer a eles exemplos de participação familiar e de cidadania dentro da sociedade, com encontros quinzenais, durante o final de semana.

O Projeto Aconchego, entidade civil que atua no Distrito Federal, filiado a Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção – ANGAAD orienta que: “O padrinho ou madrinha deve proporcionar a criança e adolescentes vínculos externos além da instituição, seja por meio de visitas, passeios nos finais de semana, comemoração de aniversário ou datas especiais”. Ademais o projeto orienta que, caso seja possível, os padrinhos colaborem com a qualificação pessoal e profissional do jovem, promovendo o acesso a cursos profissionalizantes, estágios em instituições, reforço escolar, prática de atividades desportivas etc. Fonte: Âmbito Jurídico http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=11142  

Como se inscrever no apadrinhamento afetivo?

Para iniciar o processo e se tornar um padrinho ou madrinha no Projeto Aconchego, eles consideram os seguintes requisitos:

Tenham disponibilidade para partilhar tempo e afeto com crianças/ adolescentes acolhidos;

Oferecer cuidados de qualidade e singularizados;

Desejem colaborar com a construção e sustentação do projeto de vida e promoção da autonomia de adolescentes;

Tenham mais de 21 anos de idade (diferença de pelo menos 16 anos para o afilhado);

Não façam parte do cadastro da adoção;

Participem dos encontros de sensibilização e formação de padrinhos e madrinhas;

Participem dos encontros de acompanhamento;

 Para mais informações de como fazer parte e qual preparação o projeto exige que o padrinho/madrinha participe, acesse o link a seguir:  http://www.aconchegodf.org.br/programasapadrinhamento.html

Projeto Aconchego

A iniciativa do apadrinhamento afetivo é desenvolvida por todo o país, e um projeto que tem como objetivo melhorar a divulgação na internet do trabalho de instituições sociais ligadas a crianças e adolescentes é o Padrinho nota 10, uma iniciativa da Irradie, empresa social que tem como missão tornar mais visível na internet o trabalho das organizações sociais, para que estas consigam mais voluntários e doadores. Que trazem, por exemplo, os orfanatos e abrigos em Mossoró que tem vínculos com a iniciativa. Para saber quais abrigos da sua cidade também tem esse vínculo, acesse aqui: http://padrinhonota10.com.br/Default.asp 

Padrinho nota 10
Comentários do Facebook