ALÉM DE ADVOGAR CONHEÇA OUTRAS ÁREAS QUE ATUAM OS BACHARÉIS EM DIREITO

0
269

A atuação dos operadores do direito não está limitada a advocacia. Veja algumas áreas que pessoas formadas em direito podem seguir.

Docência
Esse profissional pode atuar na área acadêmica, como professor do ensino superior, ministrando aulas de diversas disciplinas, normalmente leciona sobre as disciplinas que possui especialização ou mestrado. Ou, quando possui algum cargo profissional (como um delegado lecionando sobre Processo Penal) ou projeto acadêmico dentro dessa área.

Normalmente quem quer seguir essa carreira da continuidade aos estudos com um mestrado, doutorado e pós-doutorado. O estudante que já sabe que quer lecionar normalmente escolhe a modalidade de licenciatura a qual inclui em sua formação disciplinas que formam para a docência. E também deve participar de Projetos de Pesquisa para desenvolver seu currículo acadêmico com títulos acadêmicos por meio de apresentações de Resumo em Congressos e publicações de Artigos Científicos em revistas.

Além disso existe a carreira de pesquisador, aquele profissional que desenvolve sistematicamente linhas de pesquisa dentro da universidade. Porém, por regra, para ser pesquisador no Brasil há a necessidade de atuar como docente, não podendo haver dedicação exclusiva para essa função. Atualmente a carreira de pesquisador é pouco valorizada e os profissionais dessa área passam por diversas dificuldades principalmente devido à falta de recursos para sustentar os projetos de pesquisa.

Magistratura
Essa é uma das carreiras jurídicas mais cobiçadas, isso pelo seu grande prestígio social, alto salário e benefícios do cargo. O juiz delibera sobre os conflitos, e para ocupar esse cargo é necessário ser inscrito nos quadros da ordem e ter no mínimo três anos atuando em serviços jurídicos, como a advocacia, assessoria e consultoria além de ser aprovado em concurso.

Promotor de justiça
O promotor, servidor do ministério público que tem como função fiscalizar a aplicação da lei, defende o patrimônio público e o interesse coletivo. É o principal representante legal da acusação pelo Estado.

Para ocupar esse cargo são necessários três anos atuando como advogado assim como a aprovação em concurso de prova e de títulos.

Defensor público
É o cargo que representa o estado para assistir juridicamente as pessoas que não tem condições de pagar por tais serviços. A Defensoria Pública é uma das funções essenciais da justiça, promovendo a igualdade de acesso a justiça. Para ocupar o cargo é necessário a aprovação em concurso público.

Delegado de polícia
Comanda a investigação e o inquérito policial além de coordenar os agentes. Pode ser federal, atual em investigações de âmbito federal ou civil que atua em problemas do estado. É necessária a aprovação em concurso público mas não precisa que a pessoa esteja inscrita nos quadros da ordem.

Diplomata
É o representante internacional do país, comanda as discussões e negociações do pais perante a comunidade internacional. É necessário a aprovação no concurso de admissão do instituto Rio Branco.

Consultor político
O consultor político dá suporte ao político, dentro das mais variadas situações, desde a parte diplomática até a parte ética. É o consultor que analisa a situação é instrui o político a agir da melhor maneira possível, tendo esse conhecimentos jurídicos terá um trabalho mais fácil e eficaz.

Analista de licitações
É um profissional que tenha a capacidade para promover análise de atos administrativos. Compete ao seu cargo atividades como elaborar e acompanha processos de licitação, desenvolve planilha de custos e propostas técnicas, pesquisa de editais, cadastra a empresa em órgãos públicos, como também participa e negocia em pregões públicos ou eletrônicos. O analistas também levanta dados para formular propostas mais viáveis economicamente para seu cliente.

Comentários do Facebook