Você conhece o trabalho do MST?

0
46

Diante da atual conjuntura política e social na qual o Brasil se encontra, muito se tem discutido acerca da criminalização do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), como na modificação da Lei Antiterrorismo. No entanto, pouco se fala sobre os benefícios que esse movimento traz à população sem-terra e à sociedade em geral.

O que é o MST?

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra é um dos mais importantes movimentos sociais atuais, tratando principalmente das questões do trabalhador no campo. O movimento surgiu devido à desigualdade de acesso à terra e o movimento luta pela reforma agrária e por mudanças na sociedade brasileira, objetivando um novo modelo de organização da economia, com renda e emprego para todos.

Conheça alguns dos benefícios do MST:

  • Escolas itinerantes

Foram criadas nos meios rurais e agrícolas para garantir o acesso à educação às crianças, jovens e adultos que fazem parte do movimento, lutando pela desapropriação das terras improdutivas. Segundo o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), o MST tem duas escolas que obtiveram os maiores índices na educação básica.

  • Alimentação saudável: um direito de todos e de todas

O MST também luta contra a alimentação sem agrotóxico, priorizando a produção agroecológica e incentivando as crianças a preferirem esse tipo de alimento, visando a saúde e o bem-estar. O movimento gera alimentos orgânicos saudáveis, plantados por eles mesmos e isso garante a melhora à renda e às condições do trabalho do campo. Devido a essa busca por produzir alimentos livres de agrotóxicos, o MST é hoje o maior produtor de arroz orgânico da América Latina. Além disso, promovem feiras orgânicas por todo o país, proporcionando a venda desses alimentos saudáveis e livres de agrotóxicos por preços acessíveis à população em geral.

  • Musicoteca

Objetivando a valorização à cultura, os trabalhadores e trabalhadoras do MST criaram manifestações artísticas que representem suas experiências de vida, suas tradições e valores, etc. Nesse acervo cultural, constam cds, fitas e vídeos. Podem ser acessados aqui.

Além disso, o movimento consta com uma biblioteca virtual e um jornal, ambos de acesso público, valorizando fortemente a educação e a cultura e ajudando a garantir seu acesso a todos.

  • Agrofloresta

Modo de agricultura alternativo, praticado pelos integrantes do MST, que aproveita a matéria orgânica pela vida do solo, fazendo uso de matérias que seriam eliminadas pela agricultura convencional. Além disso, o custo é mais baixo e o solo é melhorado, podendo serem produzidos até 80 toneladas de alimento por hectare.

  • Assentamento de famílias sem-terra

Segundo dados do próprio site do MST, o movimento conta com cerca de 350 mil famílias acampadas. A forma de tomada de decisões deles é democrática e participativa, proporcionando um melhor atendimento de necessidades. Além disso, as famílias se organizam por setores para avaliar as demandas necessárias de cada acampamento buscando resolvê-las. O maior espaço de decisões do MST são os Congressos Nacionais, que geralmente ocorrem a cada 5 anos. Também ocorre, a cada 2 anos, o encontro nacional, onde são atualizadas as definições deliberadas no Congresso. Todas as famílias assentadas contam com acesso a saneamento, energia elétrica, educação, cultura e lazer, o que permite que sigam organizadas e se mantenham na luta por seus direitos básicos.

Comentários do Facebook